<body bgcolor="#FFFFFF"><script type="text/javascript"> function setAttributeOnload(object, attribute, val) { if(window.addEventListener) { window.addEventListener('load', function(){ object[attribute] = val; }, false); } else { window.attachEvent('onload', function(){ object[attribute] = val; }); } } </script> <div id="navbar-iframe-container"></div> <script type="text/javascript" src="https://apis.google.com/js/plusone.js"></script> <script type="text/javascript"> gapi.load("gapi.iframes:gapi.iframes.style.bubble", function() { if (gapi.iframes && gapi.iframes.getContext) { gapi.iframes.getContext().openChild({ url: 'https://www.blogger.com/navbar.g?targetBlogID\x3d19753705\x26blogName\x3dle+fabuleux+destin\x26publishMode\x3dPUBLISH_MODE_BLOGSPOT\x26navbarType\x3dBLUE\x26layoutType\x3dCLASSIC\x26searchRoot\x3dhttp://lfabdestin.blogspot.com/search\x26blogLocale\x3dpt_BR\x26v\x3d2\x26homepageUrl\x3dhttp://lfabdestin.blogspot.com/\x26vt\x3d-571507579209464082', where: document.getElementById("navbar-iframe-container"), id: "navbar-iframe" }); } }); </script>

                

O sono
Eu sou uma pessoa super ativa. Adoro andar de bike, nadar, fazer sexo durante muuuuito tempo, caminhar pelo shopping ou mesmo pelo centro da cidade, dançar horrores numa balada... Mas, não importa onde e com quem, se eu estiver com sono, eu paro. Sabe quando acaba a pilha? Então, é bem assim.
Eu já perdi tanto com isso. Já perdi mais horas de sexo, já perdi inúmeros almoços, inúmeros jantares, metade de baladas. Uma vez eu dormi na caixa de som de uma balada, acredite ou não! Você pensa: como ela dormiu em cima da caixa de som? Puta barulho! Que nada, isso não é problemas quando eu estou realmente com sono.
Chega ao ponto de eu não me mexer, por mais desconfortável que eu esteja. Fora que eu não consigo nem desfarçar. Eu fico muda, meus olhos não param abertos por nada e eu não consigo nem abrir a boca para falar.
Por isso, se algum dia você quiser me seqüestrar, ou whatever, espera até eu ficar caída de sono! ;)

Beijos ;**

por Andrea de Lima @ 2/22/2006 03:01:00 AM
 
O meu alguém perfeito... ou não!
O meu alguém perfeito, eu já pensei que existisse.
Ela cantava para eu dormir e cantava até por cantar. Cantava as músicas mais perfeitas, na voz mais doce.
Ela também me fazia tremer dos pés a cabeça, com um simples olhar, mais com um beijo e infinitamente com seu toque tão único.
Ela tinha um cheiro que eu nunca vou encontrar igual. Claro, as pessoas não tem os mesmos cheiros, mas o dela era especial: Victoria's Secret de morango com champagne, Burberry, shampoo e condicionador da Natura, acho que era de guaraná, sabonete líqüido da OX...

MEO DEOS! Saia desse corpo que não te pertence! A lembrança está tão viva que eu lembro as marcas de todos os produtos que ela usava! Até a do desodorante! CHEGA!

Vou mudar tudo!

O meu alguém perfeito é inteligente, mas não precisa saber tudo de tudo. Sabendo bem ALGUM assunto conversável e escrevendo bem, já está de bom tamanho.
Esse alguém usa óculos para enxergar de longe.
Ele tem seu próprio estilo e não se prende a labels, apesar de gostar de comprar umas roupas na OPRK, Khelf (ai, a Khelf...) e na Cavalera.
Esse alguém é criativo, ciumento e brincalhão. Ama música mais que a própria vida e toca algum instrumento. Qualquer um já seria o suficiente para me derreter.
O meu alguém perfeito não tem a voz perfeita, mas gosta de cantar para mim. E não se preocupa se é uma música que eu gosto, simplesmente canta no impulso do momento.
E por falar em impulso, esse alguém é impulsivo! Impulsivo a ponto de eu ter que brecar muitas vezes. Mas acima de ser impulsivo, ele é humilde para admitir que isso é também um defeito, e me entende quando recebe um "não".
O meu alguém perfeito é limpinho! Tá, pode soar engraçado, mas o meu alguém perfeito nunca seria porco. Tem que ser BEM limpinho e muito cheiroso! Ele usa um perfume cítrico. Nada muito doce e nem muito diferente. Tem a combinação perfeita do cheiro natural com o químico.
Ele é meio impaciente também. Não impaciente para me ouvir ou me ajudar, mas impaciente com horários e atrasos. E a gente sempre brigaria por isso.
O meu alguém perfeito me faz sentir coisas inenarráveis e indescritíveis. Tanto é que seria quase impossível colocar em palavras.

Ah, acho que é isso.

Não, não! Esqueci o mais importante: o meu alguém perfeito é do sexo feminino! ;)

Até mais ler.

por Andrea de Lima @ 2/08/2006 02:08:00 AM
 
moi
je par me
Saboreando as pequenezas da vida e tornando-as grandes. Tateando letras e montando um quebra-cabeça de palavras, em busca de alguma elucidação sobre mim, sobre você, sobre o mundo...

 
plus du moins
 
archive
 
aventures récentes
 
 
quincaillerie



blogger

Weblog Commenting and Trackback by HaloScan.com

stéfis \o/